class="clearfix index has-pagination pxu-free-theme">
Now Playing Tracks

Mutualismo

Dentro do homem 
mora um anjo 
e uma fera

O anjo guarda a fera 
tão bem escondida 
como a fera guarda 
o anjo.

Quando o anjo se ilude,
quem ama é a fera.
Quando a fera se fere 
quem se machuca é o anjo.

Na constância do verbo 
quem padece é o homem
por causa do anjo,
por causa da fera.

Chico Poeta

O aniversário já passou há quase dois meses e só agora tive tempo de atualizar as fotos no Flickr..  

Aproveitei o embalo e já atualizei todos os álbuns, quem quiser dar uma conferida é só clicar no ícone do Flickr que fica no canto direito da tela  :)

Hoje o homem mais lindo do mundo completa 70 anos!

Chico, hum homem de mil faces. Lutador, guerreiro, pai, conquistador, gênio, poeta!

"É o Chico das artes o gênio, poeta Buarque boêmio , a vida no palco, teatro e cinema, malandro sambista, carioca da gema!"

E como já dizia o grande Tom;

"Chico Buarque o homem do povo
Fla Flu, calça Lee, carradas de razão
Mamão, Jacarandá, Surubim
Macuco não, Pierrot e Arlequim
Você é tanta coisa que nem cabe aqui
Inovador, preservador, reencarnado, redivivo
Mestre da língua
Cabelos Negros
Olhos de gatão selvagem
Dos grandes gatos do mato
Olhos glaucos, luminosos
Teu sorriso inesquecível
Ó Francisco, nosso querido amigo
Tuas chuteiras caminham numa estrada de pó e esperança”

Decepcionada, desgostosa, desenganada, desiludida. Assim me encontro.

Quando pensava não poder ser mais surpreendida pelas pessoas vou lá e tomo uma rasteira. Sinceramente não sei o que pensar.

É a segunda vez no ano em que sinto-me com vergonha pelas atitudes alheias. Jamais esperei ver daqueles que sempre bradaram coisas boas atitudes tão baixas e podres. Me pergunto como as pessoas são capazes de fazer e falar coisas sem pensar nas consequências.

Deixo claro que sempre apoiei e continuarei apoiando aqueles que defendem suas opiniões, suas verdades e seus princípios, porém mediante a essa situação não me vejo capaz de concordar com pessoas que pisam em outras para se engrandecer.

Como pode o ser humano chegar no ponto de dizer inverdades e denegrir a imagem do seu semelhante somente para seu próprio deleite. E principalmente dizer essas coisas sobre um alguém que até ontem estava ao seu lado. Uma pessoa que ajudou, que estendeu a mão, que abdicou de sua própria vida para dedicar-se aos “seus”..

Dentro de mim vive um misto de sentimentos; Decepção, raiva, indignação, vergonha, pena…

Sinto muito em sentir.. Como queria não me importar .. Como queria simplesmente ignorar tudo isso, mas não consigo, não é de mim.. Não consigo ver essa injustiça sem ao menos me abater.

Eu tenho pena, muita pena..

Chico Buarque - Meu Refrão

Já chorei sentido de desilusão
Hoje estou crescido
Já não choro não
Já brinquei de bola, já soltei balão
Mas tive que fugir da escola
Pra aprender a lição (…)

O refrão que eu faço é pra você saber
Que eu não vou dar braço pra ninguém torcer
Deixa de feitiço
Que eu não mudo não
Pois eu sou sem compromisso, sem relógio e sem patrão (…)

Nasci sem sorte
Moro num barraco
Mas meu santo é forte
O samba é meu fraco
No meu samba eu digo o que é de coração

Quem canta comigo, canta o meu refrão
Quem canta comigo, canta o meu refrão
Meu melhor amigo é meu violão
Meu melhor amigo é meu violão

(Fonte: youtube.com)

Sou Bárbara Alexandre de Meireles moro em Jundiaí-SP e tenho 17 anos. Minha mãe se chama Rita e meu pai Luiz André, tenho uma irmã chamada Isabela que me ensinou o que é amar através de sua filha, Beatriz.

Fui uma criança que cresceu a sombra da irmã e primo. Quando nasci fui “novidade” na família por pouco tempo, já que meu primo nasceu cerca de um ano depois de mim. Cresci sendo sempre a segunda.. Segunda filha, segunda neta, segunda sobrinha, segunda bisneta, segunda menina. Nunca soube lidar bem com isso, afinal, queria ser lembrada como parte importante.Durante grande parte da minha existência ouvi as seguintes frases “Isabela é a primeira, primeira menina, primeira filha” e “Felipe é o primeiro, primeiro menino, primeiro filho”. E me punha a perguntar - E eu?Crescemos juntos, eu, minha irmã e meu primo, porém eles preferiam brincar entre eles. Sempre achei que eu não era boa o suficiente para estar nas brincadeiras. Enquanto eles queriam brincar de video-game e futebol, eu queria brincar de casinha e escolinha.Minha mãe sempre procurou suprir toda minha necessidade de carinho e de atenção mas muitas vezes eu só queria ouvir que era importante também. Meu pai não foi o pai mais presente do mundo e quando estávamos juntos eu não me sentia a vontade, eu tinha medo dele.

 E assim eu cresci, até que em dado momento de minha vida tive uma outra visão de tudo isso, pude rever muitas coisas que se passaram, pude aprender com meus erros. Não posso dizer que minhas feridas estão cicatrizadas, só que agora sei conviver com elas. Hoje a véspera do meu décimo oitavo aniversário posso afirmar que me encontro feliz, acho que aquela criança que estava acostumada a ser segunda hoje se tornou uma mulher que não aceita ser segunda em nada. E como já dizia o Duende -  Tyrion Lannister “Nunca se esqueça de quem você é, porque é certo que o mundo não se lembrará. Faça disso sua força. Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com esta lembrança, e ela nunca poderá ser usada para lher magoar.”

Bárbara Alexandre

To Tumblr, Love Pixel Union